domingo, 25 de novembro de 2007

Efemeridade...

Vida efémera que não escolhi
Por onde me levas agora?
Do tão pouco que já vivi
Parece ter chegado a Hora.

Sem comentários: