terça-feira, 5 de outubro de 2010

Não quero isto para a minha vida...mas é algo que me completa de tal maneira que, o simples facto de ser errado, me puxa a prosseguir o caminho que mais obstáculos me parece ter.
Bem que posso ralhar comigo mesma e refilar por já saber a asneira que vai dar, mas sentir-me-ei bem enquanto puder escolher o que fazer.

9 comentários:

Poeta Marcos Fernandes disse...

Amei viajar por aqui! Muito original, simples e belo! Espero sua visita... Saudações poéticas!

Eduardo Tornaghi disse...

Bacana teu pedaço
talvez você se divirta em http://papopoetico.blogspot.com/
A poesia é necessária
Tudo de bom

Camila disse...

é horrível quando temos muitas incertezas! Mas, (in) felizmente, elas são extremamentes necessárias!

Ivy S2 Ivy disse...

nossa adorei...
me identifiquei completamente
parabéns

Vânia Pereira disse...

Gostei muito...
passa pelo meu blog e diz o q achas. Segue-o tambem...

beijo

Maria Tavares disse...

Adorei o teu blog! Continua com o optimo trabalho :D

Humberto Dib disse...

Olá, teu blogue é muito legal!
Aproveito para te convidar a fazer parte do Projeto Babel II, só uma forma de mantermos um contato.
Abraços desde Argentina.
Humberto

www.humbertodib.blogspot.com

Jade Nadaf disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rolando disse...

oi. estive por aqui. legal aqui. apareça lá. abraços.