segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Olhar

As palavras de nada valem quando o olhar diz o contrário...
Por muito que tentes, por muito que qualquer um de nós tente...não vale a pena contrariar os olhos que reflectem aquilo que somos e sentimos.
Tentamos refugiar-nos numa ideia pré concebida, provavelmente até forçada a existir, mas somos sempre fracos demais. Somos sempre menos do que aquilo que julgamos ser quando mentimos.
E quem fita com atenção o nosso espelho da alma, mais rápido do que julgamos, vê a verdade. Nua e crua. A verdade.
Para quê lágrimas de crocodilo se nesse momento aspiramos a víboras que morrerão a trincarem a própria língua?
De nada vale. De nada vale mentir e contrariarmos o reflexo empírico que nos expõe aos outros.

2 comentários:

Suh disse...

os olhos são o espelho da alma:)****

Patty disse...

...um olhar nunca mente... ;)